Patrício & Eduardo - Segunda Etapa

$130.00

 

Os Hotéis

San Francisco - de 23 a 27 de julho ( 4 noites ) 

Becks Motor Logde 

Napa Valley  - do dia 27 para 28 de julho ( 1 noite ) 

Candlelight Inn 

Carmel  - do dia 28 para 29 de julho ( 1 noite ) 

The Hydeaway 

Los Angeles - do dia 29 a 02 de agosto ( 4 noites ) 

The Standart, Hollywood 

Las Vegas - do dia 02 ao dia 05 de agosto ( 3 noites )

Mandarim Hotel 

 

Os dias ( sugestões de passeios e restaurantes )

Dia 30 

Vocês estão na segunda maior cidade dos Estados Unidos, super populosa e a mais motorizada do país! Los Angeles é famosa pelos seus engarrafamentos monumentais. Há que se ter paciência... Peguem o carro e dirijam até o Griffith Park. Trata-se do maior parque municipal dos Estados Unidos e que fica no topo das montanhas que circundam Los Angeles.

Dentro do parque está o Griffith Observatory, que abriga o museu da astronomia e também o planetário. Daqui a vista da cidade é incrível: de um lado a cidade de Los Angeles e de outro Hollywood Hills. Aliás, com uma câmera poderosa, daqui vocês conseguem tirar uma boa foto do famoso letreiro de Hollywood. Este marco foi criado em 1921 como peça publicitária e acabou ficando famoso por aparecer em diversos filmes.

Sigam de carro até a região de Hollywood, lugar celebrado pela indústria cinematográfica americana. Há muito tempo as antigas plantações de laranja deram lugar aos holofotes de Hollywood. 

Não quero desanimar, mas não esperem muito da calçada da fama. Vale a pena se for a primeira visita, mas um pouco decepcionante...muitos dizem que é um programa de índio, mas para quem ainda não conhece, acho que tem que ir nem que seja para depois poder falar mal com propriedade! O caminho é pela famosa Sunset Boulevard. 

Já a pé, vejam a Calçada da Fama cheia de estrelas no chão com os nomes dos artistas, bem como o Grauman’s Chinese Theater, que no seu pátio tem as mãos, os pés e os autógrafos das estrelas de Hollywood gravados no cimento. Se acharem que pode ser divertido e que estão bem de tempo, aqui ao lado do Grauman’s Chinese Theater ficam três atrações interessantes: o museu de cêra Madame Tussaud’s, o Hollywood Guinness World Record Museum e o Ripley’s Believe it or Not. Mas, sinceramente, só os visitem se realmente for cedo ainda, porque há outras coisas importantes a se fazer hoje.

Atualmente a cerimônia de entrega do Oscar acontece no Kodak Theater, que também fica aqui pertinho e vocês podem dar uma olhada onde o famoso tapete vermelho é estendido. Depois aconselho seguir até Beverly Hills  uma cidade independente de Los Angeles, com legislação própria. É aqui que tudo acontece! São várias lojas e restaurantes, frequentados inclusive pelas estrelas de cinema. 

Há por aqui um passeio de ônibus para conhecer as casas das estrelas de cinema (“Movie Star’s Homes Tour”), ainda que a maioria dos famosos já tenha se mudado daqui. Não sei se vocês vão querer ir, mas saibam que é uma das atrações bastante popular. 

A hora agora é de bater perna pela charmosa Rodeo Drive, com suas lojas elegantérrimas. Além de andar pela N Rodeo Drive procurem andar em direção à Robertson Blvd, rua bem bacana com várias lojas legais (BCBG, Paul & Joe, Zimmermann, Kitson Kids, etc). 

Para jantar minha sugestão é o Abbey Food & Bar - super agitado, com pessoas circulando e uma comida muito boa, é um bom lugar para se divertir e se alimentar também!

Se vocês gostam de comida japonesa, minha sugestão é conhecer o Raku Restaurant

Se vocês quiserem ir no show do Duram Duran, aqui está o link para comprar ingresso:

http://concerts.livenation.com/event/09004F8492CE1A62?tm_link=artist_msg-0_09004F8492CE1A62&crosssite=TM_US:734969:73757?tm_link=artist_msg-0_09004F8492CE1A62&crosssite=TM_US:734969:73757

 

Dia 31

Para começar os trabalhos, que tal conhecer o famoso Pier de Santa Monica? Ele existe desde 1909 e a principio sua finalidade era tão somente camuflar o esgoto da cidade. Porém, com o Pacific Park (o parque de diversões), ele desde sempre teve uma função recreativa. Uma outra curiosidade do píer é justamente ele ser o ponto final da famosa Rota 66 que atravessa nove estados dos Estados Unidos, vindo desde Chicago e perfazendo o total de 3.755km. Não deixem de tirar a clássica foto embaixo dos pilares do píer.

A partir daqui tem coisas para se conhecer em todas as direções, o único compromisso é estar em um lugar legal para ver o pôr do sol, que acontece por volta de 20 horas nessa época do ano. Sendo assim, vamos começar conhecendo o que tem à direita do píer (ou ao sul de Santa Monica, para ser mais exata): Venice e Marina Del Rey.

Há duas opções para se chegar lá, pedalando ou de carro. A pedalada é de aproximadamente 30 minutos para ir e mais 30 minutos para voltar, num ritmo devagar. O caminho pela orla é agradabilíssimo, com vários parquinhos públicos no caminho, pessoas de patins, skates, enfim, o estilo leve californiano de se levar a vida. Vocês facilmente verão diversas barraquinhas de aluguel de bicicleta no calçadão.

Caso achem mais cômodo ir de carro dirijam 15 minutos até Marina Del Rey, que tem o maior porto do mundo para pequenas embarcações. Reparem que a maioria das casas é comprometida com elementos de sustentabilidade e energia solar.

A 5 minutos de carro dali está Dell Avenue, rua de Venice que ainda possui algum dos canais que fizeram a cidade ter o mesmo nome da cidade italiana. Tudo isso partiu da ideia do magnata americano Abbot Kinney, que fundou a cidade em 1905 como uma versão americana de Veneza. Ele construiu um sistema de canais e importou gôndolas e gondoleiros para navegar pelos cursos d’água. Porém, por conta das marés, a cidade sofreu inúmeros problemas com o esgoto, tendo sido a grande parte dos canais aterrada.

Vamos falar melhor sobre Venice, que é um lugar polêmico. A cidade desde sempre atraiu muitos artistas. Hoje é um lugar meio caótico, com muitos artistas de rua tentando encontrar seu lugar ao sol através de performances feitas na “ocean front walk” para ganhar alguns trocados. Quem vem até Santa Monica geralmente vai até Venice para conhecê-la e é aí que as opiniões se dividem. Tem gente que acha o lugar o maior barato, com esse estilo descontraído e cool. Para outros, Venice tem um aspecto meio “trash” e decadente. 

* Reparem que há academias na praia, tanto que existe a Mucles Beach. Era por aqui que Arnold Schwarzenegger treinava antes de ficar famoso.

* O ponto mais legal de Venice é a Abbot Kinney Blvd., cheia de galerias de arte, lojas transadas e moda vintage. Dizem que é muito legal ficar aqui no final de tarde e depois emendar num jantarzinho.

* Imagino que vocês já estejam com fome, então minha dica é irem, de carro ou de bicicleta, até o restaurante Huckleberry. A proposta é simples, eles servem saladas e sanduíches, mas o restaurante é super bem recomendado. http://www.huckleberrycafe.com. Endereço: 1014 Wilshire Bvld. Tel: 310 451 23 11

Se houver tempo e disposição, sigam pela Bike Path (ciclovia) na direção oposta à Venice. O visual é lindo! Quando a ciclovia acabar, saibam que chegaram a Malibu, a praia do famoso seriado Baywatch em que Pamela Anderson corria pelas areias brancas com seu maiô vermelho. Ela não está mais por aqui, mas dizem que os golfinhos todos os dias dão as caras.

* Já de noite, acho que vale curtir as atrações do Pacific Park e visitar a Third Street Promenade.

* De novo por essas bandas, não deixem de conhecer o Santa Monica Place, shopping no quarteirão de trás da praia.

Para jantar eu aconselho três restaurantes com vistas bem legais:

http://www.shorehotel.com/Eat/Blue-Plate-Taco ( fica de frente para o Píer de Santa Mônica e a comida é deliciosa )

http://www.geoffreysmalibu.com/ ( em Malibu com umas das vistas mais lindas da praia. É bom reservar com antecedência no open table )

http://www.ritzcarlton.com/en/Properties/LosAngeles/Dining/wp24_by_wolfgang_puck/Default.htm ( se você quiser algo mais no estilo NYC, com vista para o centro de LA, mais chique tem o restaurante do Ritz que fica no 24 andar e tem uma linda vista ).

 

Dia 01

Los Angeles tem muito o que andar e bastante coisa para conhecer. Por ser uma cidade muito espalhada é necessário traçar bem os lugares preferidos para não perder tempo nas highways.

Que tal hoje dar uma explorada em West Hollywood? Se vocês quiserem começar o dia se exercitando, minha dica é fazer um hiking no super famoso Runyon Canyon! Com uma vista espectacular da cidade e cheios de paparazzis à espreita de uma foto, o Runyon Canyon Park, é das maravilhas para ver e ser visto. Vale super a pena o passeio. O hiking é forte, com subidas respeitáveis...rs

Alguns museus bem legais de arte moderna como o LACMA e o The Getty são imperdíveis. No Lacma sempre tem exposições bem interessantes e contemporâneas. Veja AQUI no site deles. 

Um ótimo lugar para fazer um petisco e tomar uns "bons drinques" é no super famoso e histórico hotel "Chateau Marmont". Localizado em uma colina com vista para Sunset Boulevard, o Chateau foi "esconderijo" de várias estrelas de Hollywood desde que foi inaugurado em 1929. Greta Garbo viveu no hotel, F. Scott Fitzgerald teve um ataque cardíaco lá...Led Zeppelin montaram motocicletas através do lobby, e John Belushi teve uma overdose em um bangalô. Com tapetes orientais desbotados, sofás de veludo, espelhos chanfrados, e candelabros de bronze, a atmosfera é decadente, mas discreta. Vale a pena conhecer!

vida noturna gay de West hollywood está entre os melhores do mundo, com clubes transbordando com pessoas bonitas, todas as noites da semana. Mais centrados ao longo da Santa Monica Blvd., a cena LGBT é parte integrante da identidade de West Hollywood. 

Outro bom endereço para explorar é Sunset Strip que é um dos trechos mais interessantes de LA. Formado em uma área sem lei, onde tudo era liberado, muitas casas noturnas e cassinos da Strip atraiu atores, mafiosos, produtores, artistas, figuras da sociedade, marginais e inconformistas para West Hollywood — onde eles eram livres para fazer o que quisessem...Os casinos ( e a máfia ) não existem mais por ali, mas a Sunset Strip é ainda tem uma vida noturna e locais lendários como The Roxy Theatre, The Comedy Store e o Whisky a Go Go; e boates exclusivas como Bootsy Bellows e 1OAK; e restaurantes de alta cozinha como o Eveleigh.

 

Dia 2

Dia de pegar estrada para Vegas. A viagem é de 445 km e deve durar algo em torno de 4h30 de duração. Clique AQUI para ver o trajeto. Se vocês saírem cedo, perto das 14 horas já estarão chegando para o check in no Mandarim. 

Las Vegas é um grande parque de diversões e tem atrações para todas as idades. O grande barato de Vegas é sair caminhando entre um casino e outro e ficar vendo o povo nas ruas. Mando abaixo um mapa com a localização dos hotéis para você ir se familiarizando. Tudo acontece na Strip ( Las Vegas Boulevard ), a grande avenida que tem 7 km de comprimento. 

Como vocês ficarão no Mandarim, é possível fazer tudo a pé e usando o Monorail. 

Cada viagem de Monorail custa 5 dólares, mas você pode comprar por um dia ilimitado por 12 dólares, ou 3 dias ilimitados por 28 dólares. Se quiser comprar online o ticket, clique AQUI.  

Que tal concentrar o passeio de hoje a tarde para conhecer o centro da Strip? Podemos começar pegando o monorail do Mandarim até o Harrah's/ The Quad e de lá fazer o passeio pela gôndola no casino The Venetian. Ali pertinho mesmo é onde fica a nova atração da cidade: High Roller

Na região, os casinos bacanas são: o clássico Ceasar, onde tem o famoso restaurante The Bacchanal, que é a verdadeira orgia alimentar! Tudo à vontade, desde pratos japoneses, italiano, frutos do mar,carnes...nem vou comentar a parte da sobremesa. Tem que ir! Vale cada centavo. Para conhecer clique AQUI

Outro casino imperdível nessa região e para mim um dos mais lindos e sofitiscados casinos de Vegas é o Wynn. Lá onde fica um dos buffets mais lindos e deliciosos de toda a cidade, chamado The Buffet. Para conhecer o Wynn clique AQUI

A noite, no horário das 21h30, vocês podem já se programar para ver o espetáculo com água que fica no Wynn chamado Le Reve. Eu já vi...é lindíssimo! Segue AQUI o link para comprar! Se puder, já garanta o ticket. Vocês terão apenas o dia 2 de agosto para assistir o show...dia 3 e 4 eles não se apresentam...

 

Dia 3

Hoje a sugestão é curtir a vizinhança, ou seja, o estonteante e maravilhoso City Center.

Esse complexo inclui três hotéis ( Vdara, Aria e o Mandarim), além do shopping Crystal. É o que há de mais moderno na cidade! Tudo é lindo, cada detalhe da decoração é de encher os olhos. Não percam nesse complexo a galeria de arte do fantástico artista Richard MacDonald. Segue seu link AQUI

Aproveitem para curtir a piscina e almoçar em um dos buffets mais bacanas de Vegas, que fica dentro da área do Aria Hotel. O lugar chama-se The Buffet e é uma delícia mesmo! Tem de tudo o que você pode imaginar, bem saboroso e com um preço bacana: no almoço por 29 dólares vocês comem e bebem à vontade!

Depois de tarde, perto do pôr do sol, vocês podem ir até o Stratosphere ver lá de cima toda a cidade!

O norte da Strip é tudo mais espalhado por isso aconselho pegar um táxi para chegar no Stratosfere. Vale muito a pena subir e admirar o tamanho de Vegas. Se vocês tiverem perto do pôr do sol, ficará ainda mais bonita a vista porque vocês verão ela de dia e o começo da noite.

A noitinha meu conselho é pegar outro táxi ( já que vocês estarão bem no extremo norte da Strip) e ir até a Freemont st, atração principal do downtown de Vegas! Lá é muito divertido e onde fica o maior telão de LED do mundo. É bacana ir de noite pra ver todo esse colorido que só  Vegas tem! Clique AQUI para ver como é a rua. 

 

 Dia 4

Nesse dia vocês podem ficar na região sul da Strip, onde tem muito o que conhecer! Os casinos que são bacanas nessa região: MGM, Excalibur, Luxor e o Mandalay Bay.

É no sul onde fica a famosa placa "Welcome Fabulous Las Vegas", pertinho do casino Mandalay. Peça para um taxista levar vocês até lá. Se quiser dá para ir caminhando também.

Segue o endereço: S Las Vegas Blvd, Paradise, NV 89119

Vale um foto! 

De tarde, depois do almoço, minha sugestão é fazer uma atividade bem especial : voar de helicóptero até o Grand Canyon! 

Eles buscam no hotel e trazem de volta também. O passeio todo dura quase 5 horas. Começa sobrevoando o Hoover Dam, passando pelo lindo Lake Mead. De lá segue para os principais pontos do Canyon. Só de vôo de helicóptero é 1hora e 10 minutos. Em um momento o helicóptero desce até um grande vale e lá eles servem champagne e um pic-nic e ficam uma meia-hora só para admirar a grandeza do local.

O passeio com custo final fica por U$698 para duas pessoas e o horário que eles buscam vocês no hotel é 13h45. Ou seja, vocês devem pegar um belo pôr do sol na volta! Acredito que é uma experiência única na vida. Se tiverem oportunidade, não percam!  Segue o link para reservar:

http://www.papillon.com/las-vegas-tours/helicopter-landing-tours/grand-celebration-tour

 

Dia 5

Retorno ao Brasil !